quinta-feira, 16 de julho de 2015

Pessoal | Desabafo de uma possível ressacada


 Estamos no sétimo mês. Já metade do ano passou. Durante os primeiros seis meses, não tive muito descanso e já era assim antes do fim de 2014, mas piorou. Não li muita coisa e o que li resume-se a livros com menos de 100 páginas, que ainda assim me tomavam uma semana de leitura, e um clássico com quase 600 páginas que, apesar de excelente, não merecia o tratamento que lhe dei. Desilusões. Pequenas Histórias. Poucas obras memoráveis.

 Este ano está péssimo. Horrível. Não atribui mais de 8 estrelas a nenhum livro e os únicos que receberam essa classificação, que são dois, apesar de boas leituras, não valem por todos estes meses. Estava a ler Predador, de Patricia Cornwell e estava confusa. Extremamente confusa. Ou a autora fez um péssimo trabalho com este livro, ou esta é daquelas séries que mais vale começar no primeiro volume, ou sou eu que leio mas só vejo letras. Seja qual das opções forem, de uma coisa estou certa: Estou desleixada. E estou farta.

 Quero algo que me cative. Quero algo que me prenda às páginas, que me prenda à história - e que, por amor de Deus, não me faça chorar, porque os olhos ainda me ardem e já passou quase um mês desde que li Convergente ! Nada me cativa e não acredito que o problema esteja nas obras. Sou eu. Estou ressacada. Ou, pelo menos, é o que parece.

 A escola come-nos tempo, é verdade, mas se calhar fui eu que não me esforcei. A força de vontade faz grandes coisas e, se aqui estou eu, a escrever este post, é porque a minha não era assim tão grande, ou talvez fosse mesmo nula. Estava deitada na minha cama, a segurar aquela edição horrenda [por amor a Jesus Cristo, ninguém merece ter um livro tão feio!] e não consegui. Ler mais um parágrafo, mais uma linha, era um tormento. Por isso, pousei o livro, abri a tampa do portátil e aqui estou. A desabafar. Porque esta maldita [possível] ressaca vai dar cabo de mim se não desabafar!

 Não quero ler por obrigação, por isso desisti da Maratona Literária de Inverno, para me dar a mim mesma liberdade de escolha. Vou estar a ler todos aqueles livros que me interessam e deixar para o fim aqueles que, se continuar assim, nunca irei ler. Contudo, após curta reflexão, conclui que, se assim não o fizer, vou continuar com esta sensação de que não é suficiente. Alguma vez tiveram todas as palavras na ponta da língua, as transportaram para o ecrã e ao reler a vossa opinião concluíram de que aquilo que parecia um desabafo sincero e claro em relação aos sentimentos que o livro de que estão a falar vos despertou é, na verdade, um retrato distorcido (ou de péssima qualidade) daquilo que julgavam que estavam a escrever [a opinião de Crepúsculo está um desastre!]? E, apesar de me ter sentido assim com as últimas 5 opiniões (sem contar com as outras duas que estão no rascunho), publiquei-as na mesma. 

 Não sei exatamente o que é uma Ressaca Literária, mas se não for isto, então como poderei pedir a vossa ajuda?

 Vou abandonar a leitura de Predador e partir para novas leituras, consoante aquilo que me fizer sentir melhor.

 Agradecia os vossos conselhos, não fazem ideia de como preciso deles agora.


10 comentários:

  1. Olá, eu também não sei o que é uma ressaca e estou longe de saber o que isso...mas faz uma pausa ou simplesmente lê o que te apetecer quando te apetecer e se te apetecer. Não te obrigues, não entres em maratonas durante uns tempos. Eu este ano comprometi-me comigo própria a ler 1 livro por mês. Estamos em Julho e ainda só li 3 livros. Mas estou tranquila com isso sei que estou a tentar...à minha velocidade. Eu só leio quando tenho vontade e sinto me bem assim. Comecei um livro no inicio deste mês e ainda estou na página 40...não consigo interessar-me, na terça comecei outro e estou mais entusiasmada com este (e nem é do meu género mas até estou a gostar).Não me obrigo a nada. Se não conseguir os 12 livros paciência. Fico feliz em ter objectivos porque me sinto mais motivada. Pega noutro livro ou em nenhum...faz uma pausa até sentires novamente necessidade ou encontrares a história certa. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito Obrigada pelo conselho, Catarina, definitivamente é o melhor a fazer. :D
      Beijinhos e Boa Sortes com as tuas leituras! :)

      *Mistery

      Eliminar
  2. Respostas
    1. "Jane Eyre", de Charlotte Brontë. :)

      *Mistery

      Eliminar
  3. Olá Mistery,

    Desliga um bocadinho. Provavelmente tiveste um ano escolar exigente, que absorver grande parte da tua energia.
    Por isso, não forces nada. Lê o que te apetecer! Porque é que não experimentas pegar em contos levezinhos que lês de uma vez para ver se o bichinho volta?
    Acho que acima de tudo deves respirar e dar-te espaço a ti própria. Talvez estejas ansiosa com outras coisas... Talvez tenhas a tua cabeça ocupada com outros pensamentos. É claro que isto tudo condiciona.
    Também passo por momentos em que não me apetece ler muito, ou então quando estou absorvida por outras exigências. Eu simplesmente não forço e pego em coisas mais pequenas e leves para ler.
    Uma coisa é certa: isso vai passar.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Silvana! :)
      Desde já, muito obrigada pelo comentário. Não sou muito de contos, mas optei por uma compilação de novelas da série Divergente.
      Agradeço imenso os conselhos! Beijinhos! :D

      *Mistery

      Eliminar
  4. Ola minha querida!
    Segundo a definição de ressaca literária, sim tu estás metida numa, e pelos vistos bem grande. Só me aconteceu isso uma vez, após ter lido "O Resgate do Tigre" e logo de seguida "Belo Desastre" e foi como se ficasse em ressaca dupla. Nada me interessava, não conseguia ler, e como se não bastasse, o liro que peguei a seguir não me estava a interessar nada e até agora é um dos livros que mais odiei ler na minha vida (A Marca das Runas). Acabei por superar deixando os livros um pouco de lado, e foi assim que encontrei o meu amor por séries. Ao mesmo tempo ia lendo apenas o que me apetecia e eu que não gostava nada de abandonar livros a meio, ou de ler mais do que um ao mesmo tempo, dei por mim a fazer isso mesmo.
    Na minha opinião, o que originou isso tudo foi realmente o Divergente, por isso acho que foi uma ótima ideia pegares no livro "Quatro" visto que são contos pequenos que te incentivam a ler, e ao mesmo tempo estão ligados ao mesmo mundo. Talvez te ajude a desprenderes-te um bocadinho.
    Se quiseres fazer leitura conjunta de algum livro, qualquer um que te interesse, dizes-me e pode ser que caso eu goste leia contigo e pode ser também outro incentivo.
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelas dicas, Jessie! :D
      Só fiz uma vez leitura conjunta e foi uma experiência incrível e adoraria repeti-lo, mas não sei que livros teremos em comum. Sei que normalmente preferes YA's e a minha coleção está pobre em livros desse género (já os devorei todos e agora não sobra nenhum :P). Talvez uma releitura, quem sabe?
      Beijinhos!

      *Mistery

      Eliminar
  5. Olá!
    Normalmente quando nada me parece interessante e simplesmente não consigo ler mais do que uma ou duas páginas de cada vez, faço uma pausa. Sem culpas e sem pensar que se calhar deveria estar a ler. Posso ficar uma semana sem ler ou até posso ficar um mês inteiro, mas tento sempre não me sentir culpada por não estar a ler. Com esse tempo vejo filmes ou começo uma série nova e, eventualmente, vou ganhando saudades de pegar num livro.
    Quando quero muito ler mas nada me está a prender ou a chamar a atenção, normalmente vejo se alguns dos livros mais recomendados me interessam minimamente (porque sei que há uma possibilidade grande de gostar de algo que muitas pessoas estão a gostar) ou então passo horas no goodreads a ver as shelfs dos meus amigos e a ver se há algum livro que me chame a atenção.
    Às vezes acontece-me o mesmo quando escrevo as minhas opiniões. Há umas que simplesmente acabam por não ser nada daquilo que inicialmente queria dizer.
    Não te preocupes que isto não dura para sempre. É só voltares a encontrar um livro que te deixe entusiasmada para ler and your back on track.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Catarina! Agradeço-te imenso as dicas. Talvez seja melhor dar um tempinho, sim. Sinto vontade de ler, mas não consigo incentivar-me a começar nenhuma leitura. Um descanso será bom.
      Beijinhos e, mais uma vez, obrigada!

      *Mistery

      Eliminar